Antes de continuar a história, se você não leu o início dela, volte um pouco no tempo e leia como tudo começou:
http://blog.heitorsilva.com/geral/a-jornada-do-empreendedor-parte-1/
http://blog.heitorsilva.com/geral/a-jornada-do-empreendedor-parte-2/

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica

Para conseguir emitir uma Nota Fiscal Eletrônica de serviços, em Belo Horizonte / MG – Brasil, nós tivemos que comprar um certificado digital, nos cadastrar no sistema ótimo da prefeitura (BHISS Digital), instalar o JAVA 6 (que também é ótimo) e orar pelo servidor da geração, para que ele esteja de bom humor e receptivo.

Tipo de Certificado

O certificado digital tem 2 tipos: o A1 e o A3.

O primeiro tipo, é um arquivo .PFX que pode ser instalado em uma máquina Windows, que será lido pelo JAVA e pedirá uma senha de autenticação.

O segundo tipo, pode ser um pen drive ou uma leitora USB de mídias de diferentes tipos, que também roda no Windows, será lido pelo JAVA e pedirá senha.

A diferença entre os dois tipos de certificado, é a validade e o preço. O primeiro tipo vale apenas 1 ano, já o segundo vale 3. O primeiro é encontrado a partir de R$ 100,00, e o segundo a partir de R$ 300,00.

Fui recomendado a trabalhar com o A1, porque é mais prático… Por ser um arquivo, você pode carregá-lo em pen drive, ou colocá-lo em um e-mail, ou salvá-lo em um serviço de cloud tipo Google Drive ou Dropbox. Sempre que você precisar, está fácil de usar.

Categorias de Certificado

O certificado digital tem tem algumas categorias possíveis, como eCPF, eCNPJ, NF-e, CT-e, etc.

Cada um tem um preço diferente e serve para propósitos diferentes… No nosso caso, no primeiro ano de vida da empresa compramos o NF-e, mas logo depois descobrimos que pagamos em uma categoria mais cara atoa, porque poderíamos ter usado o e-CNPJ, já que o fim era apenas emissão de nota fiscal eletrônica.

Onde comprar Certificado Digital

Para comprar um certficado digital, você pode consultar os sites:
http://www.certisign.com.br/
http://serasa.certificadodigital.com.br/
http://www.receita.fazenda.gov.br/atendvirtual/orientacoes/orientacoesgerais.htm

Depois que a compra é feita e pagamento confirmado, você marcará uma visita em uma entidade certificadora para validar seus documentos e os documentos da empresa. Se o tipo do seu certificado for A1, a pessoa que lhe atender vai te entregar uma senha em papel, e uma senha por e-mail. Com ambas será possível entrar em um site posteriormente e gerar o arquivo .PFX.

Cadastro na Prefeitura

Depois que o certificado estiver com você, e funcionando, é só fazer o cadastro na prefeitura, pelo endereço:
https://bhissdigital.pbh.gov.br/controleAcesso/

2 thoughts on “A jornada do empreendedor – Parte 3

  1. Não sei se te disse, mas o e-CPF ou e-CNPJ nos da acesso direto a receita federal ou a SEF para as empresas que temos procuração e acesso a outros órgãos através do e-CNPJ da própria empresa, não sei se o NF-e da esse tipo de acesso as empresas que o possuem, essa é outra das vantagens dessas duas modalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *